Como criar uma reportágem tendenciosa

 Queridos jornalistas ou futuros jornalistas, assim se cria uma reportágem tendenciosa e mal feita, repare abaixo que o "jornalista" além de não assinar a matéria, distorce o que é dito.

O ideal seria uma reportágem isenta de opinião, mas o recalque aparece em vários momentos, tais como: "agora resolveu alfinetar" como se o entrevistado ficasse procurando vítimas para ficar falando mal, mas na verdade perguntaram a opinião dele e ele assim a concedeu, não podemos mais ter opinião?

Apesar de discordar do próprio Noel Gallagher, acredito que a Adele é acima da média, porém isso só o tempo dirá, além dele ter razão no caso da Duffy e de várias outras que tiveram hits e depois sumiram. Já quanto a Lady Gaga é notório que essa gosta de uma polêmica e se preocupa muito com imagem, a própria sabe que não faz música com muito conteúdo, mas esse não é o objetivo dela.

O repórter afetado que escreveu a matéria valoriza o Grammy, premiação notoriamente comprada pela indústria da música, e a quantidade de vendas da Adele, é natural uma artista POP vender mais que um artista Rock, mas o álbum do Noel Gallagher é sucesso tanto em vendas, quanto em crítica, confira por você mesmo o delírio do jornalista da Veja:


VEJA (versão alucinante)
Imagem retirada do Oasis News.

0 comentários:

Postar um comentário

.

Links Legais

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin