O TOP 10 da pirataria de filmes de 2009


Se você achava que X-Men, Transformes ou Harry Potter ficaria em primeiro lugar, se enganou, o "honroso" posto é do filme Star Trek, que foi modesto em bilheteria no Brasil - com a péssima divulgação da Paramount do Brasil não poderia ser diferente.

***

Trekbrasilis
- O filme de J.J. Abrams, Star Trek, teve uma forte arrecadação no cinema e está tendo uma boa vendagem em vídeo, mas parece que é o mais popular entre os piratas online. Com mais de 10 milhões de downloads, a mais nova reimaginação de Jornada é o filme mais compartilhado pela internet em 2009. A lista dos dez filmes mais pirateados do ano foi feita pelo Torrent Freak, que contabilizou rastreadores de torrents e versões filmadas direto do cinema.

Quando se trata de bilheteria, Star Trek é o sexto colocado de 2009 no mercado americano, e o décimo a nível mundial (até agora). Mas quando se trata de pirataria, Star Trek está no topo da tabela. De acordo com o TorrentFreak, o filme leva o “prêmio” entre os filmes mais baixados no BitTorrent em 2009, com quase 11 milhões de downloads. Ele bateu o recorde de 2008, fixado por Batman: O Cavaleiro das Trevas, com 7 milhões. Aqui está a lista de 2009.

1 – Star Trek – 10.960.000 downloads
2 – Transformers: A Vingança dos Derrotados – 10.600.000 downloads
3 – RocknRolla – 9.430.000 downloads
4 – Se Beber não Case – 9.180.000 downloads
5 – Crepúsculo – 8.720.000 downloads
6 – Distrito 9 – 8.280.000 downloads
7 – Harry Potter e o Enigma do Príncipe – 7.930.000 downloads
8 – Intrigas de Estado – 7.440.000 downloads
9 – X-Men Origins: Wolverine – 7.200.000 downloads
10 – Presságio – 6.930.000 downloads


As séries e filmes de Jornada sempre foram (e ainda são) muito procurados pelos internautas. Segundo fonte do site TrekMovie, Enterprise, a série cancelada em 2007, teve muito mais público em DVR (regraváveis) e piratas após seu encerramento, do que quando passava na TV.

Mas a Paramount diz que não está de braços cruzados. No mês passado, o estúdio informou ao FCC (espécie de Anatel de lá) que rastreou mais de cinco milhões de endereços IP que fizeram download em uma das seis cópias feitas por cam (câmera) do filme durante o período em que esteve nos cinemas americanos. “Hoje, literalmente, qualquer pessoa com uma conexão de internet pode fazê-lo”, advertiu a Paramount que citou Star Trek como exemplo.

A Paramount e os outros estúdios estão exigindo que o governo americano cumpra as normas contidas no Plano de Banda Larga da FCC, sobre o policiamento dos direitos autorais, para parar com a perda de receitas potenciais de seus produtos.

Fonte: Terra, TrekMovie ( via TrekBrasilis ).


1 comentários:

Anônimo disse...

Pior que ví no cinema, e o filme é uma m... nada a ver com a série e menos ainda com o enrredo da série

Postar um comentário

.

Links Legais

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin