Mito de 'cidade das lésbicas' vira febre na China


E no Brasil nós temos Pelotas.


ESTADO DE MINAS - Um boato gerado pela imprensa chinesa está trazendo dor de cabeça aos suecos, informa o jornal sueco The Local.

Segundo o jornal, os chineses estão obcecados com uma cidade mítica onde viveriam 25 mil lésbicas sedentas por sexo, desde que meios de comunicação da China começaram a divulgar a possivel existência da cidade.

A cidade, chamada Chako Paul, teria sido fundada em 1820 no meio da floresta, por uma mulher viúva. Reza a lenda que só mulheres habitam a cidade, cujas fronteiras são vigiadas por mulheres louras, e que a maioria tornou lésbica por causa da carência sexual.

Desde que a notícia se espalhou, milhares de homens chineses correram às agências de viagens e à internet para procurar a cidade.

Autoridades suecas ficaram surpresas com o súbito interesse dos chineses em procurarem o local, mas afirmam que essa cidade não existe, até porque, se ela fosse real, seria uma das maiores cidades do norte do país, e seria quase imposível que passasse despercebida por mais de 150 anos.

Fonte: - ESTADO DE MINAS.



5 comentários:

Léo Ribeiro disse...

huahua... imagina!

Kátia Ruivo disse...

não tenho nenhum tipo de preconceitos, mas não acredito que esse lugar exista...

Daniel Mendonça, disse...

Putz...

E eu achava os meus amigos 'héteros' umas bestas por não perderem a chance de babar por um rabo de saia qualquer...

Os chineses bateram o récorde... Credo! oO

Roberto Peçanha disse...

Passo longe ... pra q esses chineses tão procurando esse local? ... apesar q é mais fácil axar elas do que conseguir chega em orgasmo com "pililiu" de um chines ...

jackloose disse...

putz e eu procurando tb essa cidade ate liguei pra agencia de viajem de uma colega minha :S

search fail.

Postar um comentário

.

Links Legais

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin