Twitter sofre ataque Hacker e fica fora do ar.



No início da internet no Brasil, 1998 - quando ela começou a popularizar, ser Hacker era sinônimo de status e tinha até um certo glamour, que pseudo-hacker não empolgou com o filme "Hackers - Piratas de computador"?

Os clãs Hackers tinham páginas restritas, o que aumentava a curiosidade. Outro fator que aumentava o mito era poder hackear o ICQ de alguém e colocar o nick de quem fez a proeza, números bem antigos de ICQ eram valiosos, e o Hacker que não tinha um UIN de 7 números começando com o número 1 era noob.

Quem não se lembra do B. O.? Do Netbus? E do sofisticado Sub-Seven? Para os mais avançados, hackear sites grandes usando a falha do Front Page era clássico!

Porém tudo perdeu a graça, e o glamour, quando Hacker virou profissão, seja de marginas, seja de espiões contratados por governos e empresas, hoje ser hacker não é para qualquer um, nem brincar de lammer tem alguma graça.

Fiz essa esplanação toda porque hoje o Twitter foi vítima de ataque DDOS - eu vi o surgimento desse tipo de ataque - e ficou horas fora do ar. Confira a notícia:

Época - "Por volta das 12h, o site de status do Twitter confirmou a queda do sistema e afirmou que "estamos nos defendendo de um ataque de denial-of-service". O que significa, na prática, que o blog com 140 caracteres está sob ataque hacker."

O que é um DDOS? Wikipedia - "Um ataque de negação de serviço (também conhecido como DoS, um acrônimo em inglês para Denial of Service), é uma tentativa em tornar os recursos de um sistema indisponíveis para seus utilizadores. Alvos típicos são servidores web, e o ataque tenta tornar as páginas hospedadas indisponíveis na WWW. Não se trata de uma invasão do sistema, mas sim da sua invalidação por sobrecarga. Os ataques de negação de serviço são feitos geralmente de duas formas:

* Forçar o sistema vítima a reinicializar ou consumir todos os recursos (como memória ou processamento por exemplo) de forma que ele não pode mais fornecer seu serviço.
* Obstruir a mídia de comunicação entre os utilizadores e o sistema vítima de forma a não comunicarem-se adequadamente."

**

Resumindo, todo computador tem um limite de carga, assim, portanto, todo servidor também. O DDOS simula o acesso de milhões de dados ao mesmo tempo num servidor, sobrecarregando-o. Um servidor pode sobrecarregar sem DDOS, caso um determinado site tenha aumento subito de visitas e o servidor não aguente.

Por que o Twitter? Porque todos sabem que é um serviço sobrecarregado, portanto muito vulnerável ao DDOS.

Por que não o Google? O Google, por ser uma empresa poderosa, possui um dos melhores e maiores servidores do mundo, logo um ataque DDOS não conseguiria nem ao menos deixar o serviço lento, mesmo que seja feito em horário de pico.

DDOS não é invasão, é apenas uma tecnica para sobrecarregar o serviço, normalmente deixa apenas lento, mas, em alguns casos, consegue reinicia-lo, tirando-o do ar.


3 comentários:

Deme disse...

O meu ainda está, pelo menos não consigo mandar RT

Lemon Blog disse...

Sim, o serviço está lento, também estou com dificuldades.

Anônimo disse...

se axa que quem esta fazendo isso?? logico que a concorrencia ninguein vai perder tempo derrubando um twitter por diversao

Postar um comentário

.

Links Legais

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin