Justiça investiga se Suzane Richthofen criou perfil no Twitter


Estadão - A Promotoria das Execuções Criminais de Taubaté, no interior do Estado, solicitou nesta segunda-feira, 10, à Justiça a abertura de investigação sobre a autenticidade de um perfil criado no Twitter em nome de Suzane von Richthofen - condenada a 38 anos de prisão pelo assassinato dos pais, em outubro de 2002. A primeira postagem na conta aconteceu na tarde do dia 2 de agosto.


O advogado Denivaldo Barni Júnior, amigo da família que virou uma espécie de tutor de Suzane, disse concordar com a investigação. "A defesa tomará ciência da solicitação para acompanhar as investigações e a respectiva apuração de responsabilidades criminais de quem cometeu tais atos. Suzane está encarcerada e sem qualquer acesso a tais veículos de comunicação. Trata-se de fato gravíssimo que merece ser apurado."

Fonte: Estadão.

Com tantos processos parados na Justiça, será mesmo que o Twitter merece tanta atenção?

Notícia mais recente do caso da Suzane Richthofen.


0 comentários:

Postar um comentário

.

Links Legais

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin