Justiça abre ação criminal contra Edir Macedo e 9 membros da Universal


E ainda assim as igrejas estão lotadas.

No meu bairro o dono de uma igreja tem várioas imóveis e VÁRIOS carros importados, com a família andando de motorista pra cima e para baixo. Ele alega, claro, que a renda vem da gráfica, cujo o principal cliente é a igreja e a escola da igreja. Bacana né? Você é seu próprio cliente e fornecedor e ainda ganha um fabuloso dinheiro com isso.

O que me deixa triste é ver que pessoas que tem dinheiro, que poderiam comprar um jornal, um livro, estudar e se informar, acreditam nas balelas de alguns aproveitadores.

BAND - A Justiça abriu ação criminal contra Edir Macedo e outros nove integrantes da Igreja Universal. O juiz Glaucio Roberto Brittes, da 9ª Vara Criminal de São Paulo, aceitou nesta segunda-feira a denúncia feita pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP), resultado da apuração sobre a movimentação financeira da igreja. As informação são do jornal “Folha de S.Paulo”.

De 2001 a 2008, o volume financeiro da igreja foi de R$ 8 bilhões. Valor que, segundo as investigações do MP, é fruto de transferências atípicas e depósitos bancários feitos por pessoas ligadas à Universal.

Recursos de R$ 4 bilhões acumulados entre 2003 e 2008 teriam sido enviados para fora do país por meio de empresas e contas de fachada, abertas por membros da igreja, e teriam sido trazidos depois também por empresas de fachada, para contas de pessoas físicas ligadas à Universal.

A soma teria sido usada na compra de emissoras de TV e rádio, financeiras e agência de turismo e jatinhos. Embora não paguem tributos, igrejas são obrigadas a declarar doações que recebem.

Para a investigação, as suspeitas ferem dois princípios legais. Pela Constituição, igrejas não pagam impostos porque suas receitas deveriam ser revertidas para o exercício da fé religiosa e não para o lucro. O segundo diz respeito ao direito dos fiéis da Universal de que os recursos doados por eles se revertam para a igreja e não para outras finalidades.

Os advogados na Universal negam a irregularidade, argumentando que as contas sob suspeita foram aprovadas pela Receita Federal.

Fonte: BAND.

A notícia acima só que pelo Jornal Nacional.


Relembre as denúncias e investigações sobre a Igreja Universal; clique aqui.

Relembre também a denúncia que a Rede Globo fez da Universal no Fantástico de 1995.

1 comentários:

Anônimo disse...

É assim mesmo,eu fui obreira,tira tudo depois ficão contando e vendo se vai ser promovido,com igreja maior apto melhor e carro e salario melhor e o povo cada vez mais póbre,hoje eu vejo como fui humilhada,Advogados me ajudem a receber de volta tudo que dei.Grata.

Postar um comentário

.

Links Legais

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin