O fim da Fórmula 1


Foi exatamente um rompimento que acabou com a Fórmula Indy, criaram dois campeonatos oriundos da Indy original e ambos naufragaram, agora eles tentaram retomar a Indy mas o prejuízo é irreversível a curto prazo, que é a queda de prestígio e audiência da disputa automobilística.

A mais tradicional disputa de carros de corrida, a Fórmula 1, corre na mesma direção nebulosa com o rompimento da FOTA com a Fia, confira a notícia abaixo:

Um novo caminho, um novo futuro, sombrio ou ainda mais brilhante deve marcar as novas gerações do automobilismo mundial. A FOTA, associação criada em setembro do ano passado para defender os interesses das equipes de Fórmula 1 perante a FIA, e a entidade não chegaram a um acordo com relação às regras para as próximas temporadas e anunciaram que a partir do ano que vem correrão em um campeonato próprio, organizado pelos times.

Tudo começou com o anúncio das regras para a temporada 2010 que prometia benefícios técnicos para quem aceitasse correr sob o teto orçamentário de 45 milhões de libras. Além disso, inúmeras facilidades foram consideradas para que novas equipes adentrassem ao campeonato, tanto que várias asssociações fizeram inscrição para a próxima temporada, tendo sido escolhidas Campos, USF1 e Manor Team.

Ferrari, McLaren, BMW, Renault, Toyota, Red Bull, Toro Rosso e Brawn, as equipes que formam a FOTA se reuniram hoje em Enstone, sede da equipe de Alonso e Piquet para definir se realmente aceitariam as condições de Max Mosley, o intransigente, e abraçariam os termos do Pacto da Concórdia até 2012.

As equipes acusam FIA e FOM de tentar dividir os times da FOTA, de reterem os direitos comerciais desde 2006 e de não desenvolver melhorias para o esporte.

Segundo o comunicado, o novo campeonato, ainda sem nome, terá gestão transparente, um único regulamento, ingressos mais baratos e também a presença da maioria dos pilotos, companhias e até patrocinadores da atual Fórmula-1.

Permanecem em silêncio e com incrição garantida para a próxima temporada apenas Williams, Force India, Manor F1, Campos e USF1.

Resta aguardar a posição da FIA e ver se alguém dará o braço a torcer.

Fonte: F1 Mania.

0 comentários:

Postar um comentário

.

Links Legais

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin