Bashir: O jornalista desumano que desrespeitou o rei do Pop, Michael Jackson


Passou na Record o documentário do Bashir sobre o Michael Jackson.

Bashir é um jornalista que se passou por amigo do Michael para conseguir aquelas declarações, distorcidas numa edição tendenciosa com a intenção de ridicularizar o rei do pop.

É o tipo de coisa que me enoja, veja bem o motivo:

1 - Michael é sem noção, óbvio, desde criança ele recebia cheques de 200 mil dólares, a realidade dele nunca foi de uma pessoa normal, portanto mostrar a gastança dele, que pra ele é normal, como algo fora do comum, é patético.

2 - A parte em que o jornalista faz o Michael falar do seu pai, dos abusos que sofria, passou do comotivo para a tortura, é nojento ver um jornalista literalmente torturar alguém para ganhar audiência e gerar polêmica.

3 - Preferiu mostar o único fato estranho que o Michael teve com seu filho do que os bons momentos de ótimo pai que o astro deve ser.

4 - Ele foi inocentado da acusação de pedofilia, martelar o assunto para fazer as pessoas ficarem contra o Michael Jackson é desumano, nenhum jornalista é Juiz ou Deus para sentenciar alguém.

Primeira parte do documentário, as outras estão no Youtube:


22 comentários:

Anônimo disse...

Isso é ridiculo, gente sem noção. Mas é como diz o ditado: aqui se faz, aqui se paga. Se o reporter teve a capacidade de fazer isso, logo ele tera sua recompensa. Michael descanse em paz.

Ellen D.B. disse...

Isso é ridículo, mas é claro que algum dia esse Bashir vai colher o mal que plantou... Michael sempre foi muito famoso, e pagou por tudo isso de uma forma dolorosa: simplesmente foi impedido de ter uma vida normal. Ele cresceu nesse meio e todos queriam ver seu talento, e como sua amiga Diana Ross disse num documentário, aos poucos Michael foi "perdendo seus pedaços".
Tá certo que ele vendeu muitos milhões de discos e obviamente lucrou muito, mas parece que poucos lembram de quanto disso ele doou.
Que ele descanse em paz.

Anônimo disse...

imagino a solidão que ele sentia, mesmo sendo a maior estrela do mundo.
que ele encontre a paz.

Georgia Maria disse...

Eu assisti a entrevista ontem na Record também e vi o bombardeio de perguntas. Os jornalistas de hoje tem a mania de querer mostrar a verdade, mesmo que massacrem a pessoa. E o que nos interessa se ele fez cirurgias, se mudou a cara, se comportava-se como uma pessoa exênctrica?
A única coisa que podem dizer é que foi acusado de pedosília, mas se foi inocentado, para por aí.
Alguém aqui lembra do caso da escolinha na Aclimação, aqui em São Paulo, que os donos foram acusados de pedofilia e era mentira? Acabou com a vida deles. E eram inocentes.

O jornalismo de hoje é assim, inventam laudos falsos pra fazer sensacionalismo. Quero ver quem é sério, como os jornalistas de uma Veja ou Época, jornais como o Estado de São Paulo e Folha, Globo e afins. Muito fácil fazer circo com a cara dos outros.

Michael Jackson não foi feliz, teve momentos bons.

Anônimo disse...

A Veja é séria? Não me diga...

Anônimo disse...

Mais um paga pau do michel aki... o cara é um bom musico, mas como pessoa nao deixou nenhum exemplo bom pra ninguem.

As pessoas estao dizendo ai que ele é o cara, e nao sei mais o que... mas nao lembro ninguem falando dele qndo vivo...

Bando de paga pau... querem parecer que conhecem as coisas pra se mostrar pros outros...

Morram todos vcs, bando de patéticos.

Anônimo disse...

Por um lado eu até concordo com a declaração do anônimo acima, pq enquanto Michael estava vivo, sempre que eu dizia que gostava dele e que ele era um ídolo desde a infancia, em geral eu sentia o desprezo das pessoas a minha volta, como se fosse ruim ser fã dele. Mas agora, todo mundo de repente virou fã dele.
Tudo bem que michael tenha feito parte da vida de quase todo mundo, pq direta ou indiretamente ele estava presente. Cada video clipe de Michael que era lançado, era praticamente um evento.
Mas onde estavam as pessoas quando ele mais precisou? As pessoas eram guiadas pelas noticias de tlaboids e tinham isso como verdade. É mais que obvio que as acusaçoes de pedofilia nao passaram de ganacia das pessoas que Michael ajudava.
Muito triste o seu fim. imagino o quanto ele sofreu durante a vida inteira.
Agora ele está livre das crueldades que sofreu...

Bala Salgada disse...

Ele vai pagar pelo que fez, com certeza.

Leo disse...

quando soa o primeiro acorde de beat it tudo isso vai por agua abaixo... era o rei do pop, será pra sempre. foda-se a vida pessoal, ou alguem ficava tripudiando a arrogancia do Ayrton Senna ou o alcolismo e abuso de drogas do elvis... são fodas, e fodas serão. sem mais.

Binho disse...

Eu vi a entrevista, e fiquei com pena do Micahel, principalmente na parte que ele fala do pai, muito triste. Dá pra ver como foi sofrida a infância dele, apesar do sucesso e dinheiro que ganhou não conseguiu superar os traumas e se tornou uma pessoa consumista e egocêntrica. Ele tinha muitas pessoas a sua volta mas que só estavam interessadas no dinheiro dele, ninguém o apoiou realmente, nem sua família. Prefiro lembrar só do artista brilhante dos anos 80, vamos esquecer aquela figura deformada e solitária da entrevista.

Lemon Blog disse...

Paga pau? Aff que babaca! Michael não é papa, não tinha que dar exemplo para ninguém. Não quer ler algo sobre o Michael, vai para a igreja crente babaca!

Lemon Blog disse...

É isso ai! Que soem os acordes de Beat It!
Michael não é pastor, é músico e o seu exemplo é a música, ponto final.

Anônimo disse...

AHHH COITADO...SE AQUI ELE VIVIA SÓ, LÁ PRA ONDE ELE IRÁ ESTARÁ BOMBANDO DE GENTE...O INFERNO!!!! KKKKKKKKKKKK SENTA NO COLINHO DO KAPIROTO SENTA...Ú Ú !!

Anônimo disse...

Pô cara, coitado do Michael... O cara levava surra de cabo de aço do pai e era humilhado todos os dias e ainda dizem que o cara era pedofilo, da muita pena :/

Danilo disse...

se a intencao de bashir era ridicularizar michael, comigo aconteceu o contrario.
nunca na minha vida eu tinha visto o MJ falando com alguem ow dando uma entrevista, apenas conhecia ele pelas suas musicas e clipes(q nao 'e o estilo de musica q eu gosto).
depois que vi este documentario, estou mais do que ciente de que MJ era nada mais nada menos do que uma pessoa sensivel, fragil, solitaria e com um coracao puro (da para ver claramente que nao existe maldade nesse ser) sofreu muito, parou de ser feliz de uns tempos para ca e pra ajudar, tinham pessoas que queria ver sua vida arruinada. me sinto super mal em apenas conhece-lo de verdade e dar valor a ele depois que ele morreu! como todo idolo de verdade, ele c imortalizou no coracao dos q o amavam e ate no meu que nunca parei pra ouvir uma musica sua! e ele deixou um grande exemplo sim!

Danilo disse...

uma pessoa tao poderoza com tamanha inocencia 'e um grande legado deixado para nos.

descanse em paz michael... mande um abra'co pro bob e pro brad....

Mina disse...

Isso que passou na Record é só uns fragmento de um documentario de 2 horas que a Band passou ah uns 7 anos atrás se não for mto...Mas enfim...como foi dito no documetario: f****** a imprensa, Micheal Nos te amamos.

Anônimo disse...

Eu sinceramente não consegui terminar de ver esse "documentário". Pensava que ele iria mostrar algo de interessante, mas o tempo todo ele abusava do artista, ao ponto do Michael dizer pra ele que não estava gostando, mostrando o quanto estva incomandado. A parte dos que ele ficava pertubando para saber dos abusos que o seu pai cometia me enojou.

Anônimo disse...

depois que vi este documentario, estou mais do que ciente de que MJ era nada mais nada menos do que uma pessoa sensivel, fragil, solitaria e com um coracao puro (da para ver claramente que nao existe maldade nesse ser) sofreu muito, parou de ser feliz de uns tempos para ca e pra ajudar, tinham pessoas que queria ver sua vida arruinada.[2]

Lemon Blog disse...

Agradeço os comentários e fico feliz que o post tenha servido ao propósito.

ju disse...

eu fico triste em ve as pessoa maldosas fazendu isso coitado do michael ele so era muito fragio e sem amor de verdade

Fatima Jackson disse...

Simplesmente resolveram tirar o Michael Jackson para Cristo.
A falta de talento e capacidade do ser humano, faz com q ele tente apagar o brilho dos outros. Todos os q mal falaram de Michael, ( entre eles o Bashir, q depois da morte de Michael, gravou um video em q diz q o documentario dele nao expressava a total verdade, e q Michael era uma pessoa boa)nunca chegaram aos seus pés, e nem tão pouco a poeira sob eles.
Mesmo o cd q menos vendeu, o q foi considerado para muitos um fracasso (Invincible_2001, q sem qq divulgação ou Turnê vendeu 11 milhões de copias), seria a gloria de muitos q passam a vida tentando vender 1 milhão e não consegue. Michael sempre foi um artista completo, alem de um ser HUMANO, no melhor sentido da palavra.
Era um ANJO, q veio para nos mostrar como devemos amar e respeitar o próximo, e todas as coisas existentes no Mundo.
Já teve um Filho Ilustre ha 2009 anos atrás q também foi enviado a Terra pelo Pai com esta missão e foi duramente perseguido e execrado. Mesmo assim não se levantou contra seus algozes.
Qualquer alusão a postura de Michael, terá sido só coincidência?
Ele era verdadeiramente um Anjo, capaz de reunir um mar de pessoas ao seu redor nos shows fazendo com q todos se sentissem tão especiais, e ao mesmo tempo ele era o SER HUMANO, mais triste e solitário q este Mundo já viu.
E lamentável q nos q crescemos amando Michael, tínhamos tanto AMOR para dedicar a ele, e não estávamos próximos o suficiente para q ele sentisse a imensidão do sentimento q despertava, pois perto dele sempre existiram pessoas oportunistas e aproveitadoras, a começar pela família, porém ele tinha esta missão.

MICHAEL É A PERSONIFICAÇÃO DA PERFEIÇÃO. É UMA FILOSOFIA DE VIDA
Para quem consegue enxergar além das plásticas, do vitiligo, das difamações (câmara hiperbárica, homem elefante, pedofilia).
Qual Homem Público no mundo se dedicou mais a ajudar e arrecadar fundos para obras assistências, a começar pelo projeto We Are The World, e tantos outros ao longo da vida e da carreira, continuando com a Fundação Heal The World, q ainda ira certamente ajudar a Curar o Mundo, mesmo q seu Fundador não mais esteja presente entre nos.
Todos nos temos manias q aos olhos dos outros possam parecer estranho, isso e do ser Humano, porém por q não conseguimos conviver com as diversidades e acabamos atacando aquilo q nos parece estranho ou bizarro.
Porem quem tem o direito de julgar o q quer q seja? Falamos em Democracia, em direitos humanos e nos comportamos desta maneira ao longo da Vida.
Michael Joseph Jackson, é eterno, e sempre será lembrado pois em algum lugar do Planeta sempre haverá um representante e defensor de sua Memória, assim como eu o faço sempre.
Seguirei eternamente te amando, Saudades
Fátima Simone

Postar um comentário

.

Links Legais

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin