Não trocaria Barrichello por Hamilton, diz tricampeão


Antes da notícia a minha habitual introdução ácida. Identifico-me muito com o Barrichello, sinto que somos vitimas da falta de sorte, como vocês não me conhecem, justificarei com a carreira do desportista da principal categoria automobilística do mundo o meu ponto de vista.

Como uma pessoa que corre na Formula 1 e é um milionário, pode ser considerada um azarado? Claro, guardada as devidas proporções, o Rubinho, de fato, poderia ter contado mais com a sorte, vejamos:

1 – Quando ele começou a sua carreira na F1 o Brasil estava órfão do Senna, como ninguém substituiria, naquela época, um dos maiores ídolos do esporte nacional, nada que o até então esforçado piloto fizesse satisfaria a sede brasileira por um novo ídolo.

2 – Quando trocou a fraquíssima Jordan pela Stewart, que era dirigida por um tricampeão, a antiga equipe teve os seus melhores anos na F1, chegando a disputar a ponta de igual para igual com as grandes. Já a Stewart nunca conseguiu sair do estágio mediano a qual estava confinada.

3 – Rubinho na Ferrari!!! Eh... mas com o Schumacher como companheiro, o maior vencedor da Formula 1 de todos os tempos, o único hexacampeão, o destino do brasileiro já estava selado. Todos os esforços e as melhores estratégias iam para o alemão, caso Rubens ameaçasse batê-lo a Ferrari dava o seu “jeitinho italiano” e fazia o piloto brasileiro recuar.

4 – Rico, porém de saco cheio de ser sempre o segundo, Barrichello apostou na Honda, aquela que já teve o melhor motor da categoria, mas foi exatamente o motor que não deixava ela sair do lugar, como o próprio piloto afirmou ano passado: “parecia que o carro, nas retas, andava com o freio de mão puxado”.

5 – Praticamente posto para o escanteio, inclusive pela imprensa brasileira, Barrichello conseguiu a sua vaga na Brawn GP no último minuto hábil. Pela primeira vez na sua carreira ele tem um carro competitivo, um motor forte e um companheiro de equipe que não é o Deus da formula 1, mas apenas um bom piloto. Rubens Barrichello só não pode deixar seu companheiro disparar no campeonato, para não dar oportunidade da equipe priorizar o piloto inglês. Rubinho é vice-campeão mundial, tem uma pontuação muito boa, varias poles e vitórias, mas no Brasil ele sempre vai ser o pé de chinelo, afinal, no Brasil, o sucesso é sempre 8 ou 80.

Agora a notícia:

Não trocaria Barrichello por Hamilton, diz tricampeão

Tricampeão mundial de Fórmula 1, o escocês Jackie Stewart saiu em defesa do brasileiro Rubens Barrichello ao afirmar que não trocaria o piloto mais experiente do grid pelo inglês Lewis Hamilton, atual campeão mundial.

O tablóide News of the World publicou que Hamilton poderia correr ainda nesta temporada na Brawn GP caso a McLaren seja punida severamente - com suspensão de corridas - no encontro do Conselho Mundial de Automobilismo, no final do mês.

A escuderia de Ron Dennis irá responder sobre o motivo de ter mentido aos comissários depois do GP da Austrália, em Melbourne. Por causa da atitude, Hamilton perdeu os pontos da corrida de abertura.

De acordo com o tablóide, uma hipotética suspensão poderia levar Hamilton à Brawn GP, sensação da temporada que também compete com motor Mercedes, o mesmo da McLaren. No entanto, Stewart se diz contra à mudança por conhecer de perto o talento de Barrichello.

"Rubens é muito experiente no acerto do carro, e Lewis não é. E Ross Brawn precisa de conhecimento neste momento por causa da proibição dos testes durante a temporada", disse Stewart, que foi chefe de Barrichello na sua extinta equipe de 1997 a 99.

De: Redação Terra.

Vídeo do Barrichello “deixando” o alemão ultrapassá-lo:

Em tempo: a narração é impagável!!! "hoje não, hoje nao... Hoje sim, hoje sim, é inacreditável..."



6 comentários:

Renan Aristóteles disse...

Brincadeiras a parte, eu acho o Rubinho o melhor piloto da F1 da atualidade, nada de Hamilton nem Felipe Massa, quando ele teve um carro competitivo mostrou do que era capaz, esse vídeo foi a "deixada" mais explícita, fora as grandes entradas demoradas nos boxes. Hoje ele tem sim um carro competitivo, com motor confiável e toda a equipe a seu favor e acredito que na próxima corrida ele irá vencer com folga e que, quando isso acontecer, ninguém mais será capaz de tirar o tão sonhado título dele.

Dário Souza disse...

Pra ser sincero nem acompanho F1 nunca vi uma corrida inteira.Esporte não é comigo, mas realmente se tem uma pessoa que não deu muita sorte foi o rubinho.Acho que apesar do meu pouco conhecimento, eu preferiria o hamilton do que o rubinho =X

André disse...

Sinceramente, todos falam sobre Barrichello, suas fases e tudo mais, porém ninguém se lembra de sus bonstempos na Ferrari, onde passou por um bom tempo na melhor equipe do mundo, são poucos os que passam por lá. e ele deve ser reconhecido por isso!

Plutonauta disse...

Não consegui compreender a alusão que você fez, pra mim não ficou claro se você trocaria ou não o Rubinho pelo Barrichello....

Eu como sou fã dos dois tiraria o Button e colocaria o Hamilton !!!!!

Silvio Junior disse...

Rubinho, apesar de tudo ele é um bom corredor. Quando ele estava na Ferrari fazia a frente para o schuma..

O cara merece ser reconhecido, mais no Brasil só são lembrados os primeiros lugares. Rubinho é guerreio!

Thiago Terenzi disse...

Pra ser um ídolo é preciso mais do que ser um bom piloto. O brasileiro tem que se sentir representado - e o Rubinho era bom demais pra representar os brasileiros.

A gente está acostumado com o nosso 'jeitinho brasileiro'. A gente não freiaria na reta final. A gente seria mais agressivo. A gente não pensaria na equipe. A gente é individualista. A gente usaria nossa malandragem para furar o olho do alemão e sair na frente.

O Rubinho não, ele é profissional demais pra ser nosso ídolo. É ético demais.

A gente? a gente não é nada disso - a gente merece um ídolo mais... nossa cara. O Hamilton é tão mais brasileiro (mentir e usar da malandragem é tão mais nossa cara - até a sua corzinha morena combina mais com os trópicos).

Mas talvez, na verdade, seja o Rubinho que não mereça a idolatria tupiniquim.


Eu? como bom brasileiro, eu sou mais o Hamilton.

Postar um comentário

.

Links Legais

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin