"Na vida real, Justus é ainda pior"


Um amigo da família trabalha numa empresa junto com um vencedor de uma das edições do programa O Aprendiz com Roberto Justus, diga-se de passagem, esse ex-funcionário do Justus, já que no programa ele conquistou o direito de trabalhar com o publicitário, foi um dos aprendizes que mais chamou atenção da mídia e garanto, que se revelar quem ele é, todos lembrarão, mas não farei isso por motivos óbvios.

Esse ex-aprendiz é uma pessoa de bem, engraçada, ótimo colega de trabalho e bastante dinâmico; portanto o que suscita a pergunta, porque não continuo trabalhando com o detentor do topete mais famoso do Brasil? Revela que Justus é um doce em frente das câmeras, que pessoalmente ele é muito pior, grosso, sem educação, intragável.

Sr. Justus, você deveria saber, mais que ninguém já que gosta de dar lição de moral, que o caráter de alguém pode se medir como ela trata as pessoas que "estão abaixo" dela, não quem está acima. Porque? É ululante ao ser humano preservar o seu emprego, ou seja, lá o que estiver em jogo, logo não somos loucos de detonar quem pode nos prejudicar, toda via é ai que entra o caráter, quando não descontamos em quem possamos prejudicar, ou que simplesmente esteja hierarquicamente abaixo de nós, todo nosso dissabor e arrogância. Não é hipocrisia da minha parte, jamais tratei mal nem mesmo a mendigos, faxineiros, seja lá o que for... Embora a minha parte masoquista já tenha proporcionado confrontos com meus superiores onde trabalhava.

Não gosto de criticar o Justus, pois na TV aberta, é um dos poucos programas que assisto. O Aprendiz, versão brasileira - pois a americana é meio bisonha e exagerada - é um dos poucos momentos de rara inteligência na nossa programação nacional, com roteiros e tarefas inteligentes, confrontos memoráveis, e até sabias palavras dos aprendizes e do próprio Justus e seu companheiro W. Longo.

A sexta edição, como não poderia deixar de ser, começou muito bem e o primeiro eliminado - logo abaixo postarei notícia que faz um resumo sobre a eliminação - proporcionou um belo embate na sala de reuniões, foi inteligente ao confrontar, na sala, a líder da prova, porém pecou na prova em si por se omitir. Como foi dito no programa, o pior pecado de alguém não é errar por tentar, é errar por omissão.

Em tempo: esse é um blog pessoal, não é um blog de tv, portanto não espere que eu continue analisando O Aprendiz, o farei se assim achar que devo.


Agora o resumo do primeiro episódio e a revelação de quem foi o demitido.

Roberto Justus, Walter Longo e Claudio Forner têm o primeiro encontro com os 18 aprendizes, num espaço livre no WTC. As famílias dão sua última palavra de força e carinho aos participantes, que ficarão longe de casa por um bom período, até o fim do reality show. A emoção é o ingrediente principal nestes primeiros momentos da nova edição de Aprendiz 6 - Universitário.

Após as despedidas, é o momento de início dos trabalhos dos grupos. Divididos em duas equipes (Maxxi e Best), os candidatos recebem o dossiê da tarefa, que consiste em uma campanha onde deverão criar, administrar e promover um quiosque em duas praias de São Sebastião, litoral norte de São Paulo. O objetivo é vender uma ou mais receitas da linha Doritos Lovers.

Eles receberam um briefing de um dos executivos da Elma Chips e partiram para uma imersão na fábrica da companhia na cidade de Itú, interior de São Paulo. Fica bastante claro aos participantes que o resultado levará em conta a melhor idéia para criação do espaço, organização, administração, promoção, número de vendas e as receitas mais adequadas e criativas.

O grupo liderado por Carla organiza as melhores idéias e já coloca em prática. Raissa e Mariana saem às compras, enquanto Ana, Pedro e Lucas já estão em São Sebastião, alinhando os contatos com restaurante, para a criação da receita. O trio também se acerta junto aos donos de tendas na praia, e conquista um espaço de grande visibilidade, para venda de suas receitas.

O Grupo Best iniciou, um dia antes, a divulgação da tenda de Doritos Lovers. Com todas as tarefas cumpridas, todos já estão no litoral, apenas aguardando o início da prova.Já o Maxxi tem uma surpresa: Guilherme passou errado para a gráfica o nome "loundge", admitindo não checar a grafia correta da palavra. O fornecedor cobra mais uma quantia para refazer uma faixa. João confere o e-mail, verifica o erro e consegue acertar por um valor mínimo, para não estourar o orçamento. A equipe está a caminho da praia.

As receitas ainda estão sendo feitas, enquanto a equipe Best já iniciou as vendas dos wraps Doritos. Os grupos já saíram pela praia. Roberto Justus e os conselheiros Walter Longo e Claudio Forner foram até o local para avaliar o desempenho dos candidatos na tarefa.

Justus, os conselheiros e o prefeito de São Sebastião provaram as receitas dos dois grupos. Ambos acreditam as que suas tarefas foram cumpridas. E comemoram. Mas a equipe Best derrota a Maxxi. A recompensa é um jantar com Roberto Justus e uma viagem para Orlando, Estados Unidos. Mas uma surpresa vai abalar a alegria da equipe: Carla precisa deixar no hotel o candidato que, segundo ela, teve o pior desempenho da tarefa. E ela escolhe Rutênio. Ele não vai para a sala de reunião, mas também não vai ao jantar, nem participa da viagem. Pareceu tranquilo com a escolha, pois disse ter a sensação de ser o escolhido da líder, mesmo em caso de derrota.

Enquanto isso, no WTC, a equipe Maxxi espera o resultado da sala de reunião.

A primeira sala de reunião começa com todos os membros da equipe Maxxi, e a líder Stephanie vota por levar Guilherme e Taila consigo para a fase final. Um dos três será o primeiro demitido desta edição.

Guilherme argumenta que este é seu jeito, enquanto escuta os argumentos da líder, que insiste que ele deve ser demitido. Taila observa tudo em silêncio.

Ao conversar com seus conselheiros, uma dúvida: Forner acredita que a líder deveria ter administrado os erros cometidos por sua equipe. Longo, por sua vez, acha que Guilherme não pode ser poupado, frente a tantos detalhes e desatenções que culiminaram na derrota de sua equipe.

Justus então decide que Guilherme deve ser demitido, pelas terríveis falhas apresentadas durante a tarefa.

Assim que o apresentador anunciou seu veredito, Taila começou a chorar e se mostrou bastante nervosa, por escapar da primeira oportunidade de demissão

Texto sobre o primeiro episódio retirado de: http://aprendiz6.rederecord.com.br
O Aprendiz 6 passa toda terça e quinta na rede Record por volta das 23:30
Comunidade O Aprendiz 6 no orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=24624667

5 comentários:

abutre236 disse...

Todo mundo na frente ds camêras é bonzinho, simpático ou faz um papel de vilão ou antipático. Resta saber o quanto pior é Roberto Justus. Será que ele realmente é essa mala sem alça?

Thiago disse...

Eu nunca tive paciencia pra assistir ao programa do Justus. Um dia eu assisto pra poder falar mais. Mto maneiro seu blog Lucas! serei um visitante constante huahahua...um abraço nada acido pra vcc!

Natymaximiza disse...

EU ADOREI ONTEM O COMEÇO

Rafael disse...

sera?

BLOGUEIRO FL disse...

Sas Delli é o novo parceiro do meu blog, acessem, é por essas e outras matérias interessantes que virou parceiro do Portal Livre:

http://portallivreoblog.blogspot.com/

Postar um comentário

.

Links Legais

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin