Adriano: o imperador da vergonha.


Não no sentido literal da palavra, mas no sentido de não honrar o seu trabalho, compromisso, obrigações e, sobretudo, a confiança depositada nele, tanto dos dirigentes da Inter de Milão, dos torcedores, quanto da CBF e dos brasileiros que acompanham a seleção.

O motivo? Ele não agüenta mais a vida de milionário na Itália, jogando num dos maiores times do mundo, que possui fantástica estrutura, sendo apelidado de Imperador e tendo todas as regalias que um jogador famoso e rico possui. Acho que o Iate de 2 milhões de Euros ancorado no mar Mediterrâneo perdeu a graça. Tadinho, ele cansou de ser milionário e de jogar futebol.

Os blogueiros emocionados que o defendem devem mesmo achar que ser rico é algo muito ruim, além de jogar futebol que é uma profissão realmente difícil, árdua, ingrata e ardilosa. Correr atrás de uma bola e ganhar 400 mil euros por mês deve ser realmente estressante!!!

Sr. Adriano olhe os seus amigos trabalhadores da favela que você tanto ama! Trabalho árduo, difícil, estressante, é o que provavelmente eles tem! Trabalhador que pode se sentir cansado é aquele que acorda às 4 horas da manhã para cumprir jornada integral numa carvoaria, usina, mineração. Frustrante, Adriano, é você lavar banheiro publico o dia todo e ganhar salário mínimo; é dirigir ônibus sob um sol de 40º; agüentar 50 alunos confinado num cubículo, depois de uma educação física num dia de verão no último horário, e tentar enfiar alguma coisa na cabeça oca deles, no final do mês se contentar com um salário menor do que um catador de papel da Asmare.

Tenho a solução para você! Já que a sua vida é tão ruim, depressiva, e você ama tanto a favela, pegue toda a sua fortuna e doa ela para a comunidade que te recebe tão bem; caso faça isso eu realmente calaria a minha boca eternamente, mas eu sei que você não passa de um babaca desorientado.

Pegue esse dinheiro todo e vá estudar, vá fazer algo que preste, e aproveite, já que não quer jogar bola, arranje um trabalho de verdade.

Todas as pessoas têm direito ao luto e a depressão, mas tentar curá-la desonrando compromisso, participando de baladas homéricas e dando showzinho de “vou desaparecer desse mundo por 3 dias”; não é algo que alguém decente faria. Muito mais honesto seria você tirar um tempo, ficar em casa, refletindo em um quarto escuro, e depois voltar a lutar; mas você não é como nós, você é O Imperador!

Em tempo: Imperador? Nunca vi alguém tão indigno do título, o jornalista que intitulou ele disso deve estar envergonhado.

Com vocês um vídeo do Imperador na favela.



7 comentários:

Alan Salgueiro disse...

Na minha opinião o Adriano tem o direito de querer parar, não ir, pensar, refletir, claro que ele tem contratos a cumprir e sofrerá as devidas sanções, porém é melhor que se apresentar sem condição alguma de exercer a profissão.

O jogador pode estar sofrendo com um conflito interno, é de origem humilde e ás vezes há um certo não adaptar nesse ascensão tão repentina. Já diria o D2: "Você quer sair do gueto, mas a sua mente é o gueto(...) Você sai do gueto mas o gueto não sai de você"

jaka disse...

cada um com seus problemas, julgar é facil demais quando o problemas eh visto de fora...

Mateus disse...

muito bom o blog , parabéns :)

Anônimo disse...

Pra mim nao passa de mais um sem vergonha .....

Thiago Terenzi disse...

O corporativismo com os professores foi realmente engraçado. Você tentou, na frase, construir uma imagem bem romantizada de que as profissões de real valor são as mais simples e menos remuneradas.

Mas ao falar da profissão de professor, você parece ter se esquecido da intenção inicial e menosprezou (ou deu a entender através das palavras que usou) os catadores de papel da Asmare. Coitado deles - eles também mereciam o seu afago.

Particularmente, acho que o Adriano tem todo o direito de parar de jogar futebol. Ele quer. Não cabe a ninguém julgá-lo.

Isso de julgar as pessoas pelo que elas fazem sem saber do problema e dos motivos e das razões como um todo, isso é coisa de programa de fofoca que passa nos dias de semana a tarde. Seria legal seu blog não se transformar num desses programas...


se joga ;)

Roberto disse...

Não concordo com Thiago... não ta parecendo programa de fofoca, esse é simplesmente o espaço que temos para criticar algo e expressar nossas idéias, pensamentos e revoltas, e foi o que você fez ... Muito do que eu falo se contradiz com que o Lucas coloca, não que ele esteja certo ou eu esteja.. por isso acho legal o espaço ..

O que é revoltante é ver crianças e adolescente de classe baixa só enxergar o futebol como única alternativa de se dar bem na vida, ta certo que oportunidades são poucas, o que mais falta hoje em dia é força de vontade, é mais fácil se entregar às trafico de droga ou sonha com futebol, do que se sacrificar 10 horas num emprego digno. Você quer esperar mais alguma coisa dessa sociedade?

E Thiago é revoltante você receber 20% a mais do que uma a faxineira recebe, não desmerecendo trabalho dela e tal, é a questão da capacidade intelectual aplicada na importância da execução do serviço dentro de uma empresa, estou colocando um exemplo que acontece comigo. Mas encaixa no que o Lucas falou.

Ai vem o Adriano como Lucas disse “Correr atrás de uma bola e ganhar 400 mil euros por mês deve ser realmente estressante” Adorei a comparação com a musica do D2. É revoltante ler isso, ta certo q os jogadores trabalham no limite da força deles, mas não vale o que eles recebem, acho que os questionamentos são encima disso, é a mesma coisa que falaria do cachê da Gisele Bundchen, por exemplo, pagar uma fortuna pra ela da 4 passos indo e voltando numa passarela vestindo uma roupa que nunca será usada por um ser na Terra, só para fala que é tendência na próxima estação .. a muito mais coisa revoltante nesse mundo, as coisas realmente importantes estão perdendo seu valor.

André Cardoso disse...

ehehhe
como definir essa postagem?

INVEJA

Adriano sim, ganha(va) milhoes de Euros por mes e tava lá na putada... QUAL O BRASILEIRO QUE NUNCA QUIS UMA VIDA DESSAS?
viajar o mundo todo pra jogar futebol ser bem de vida e pegar mulher gostosa qndoquer?

o Brasil nao está assim por causa dessas pessoas q foram citadas como Adriano, que causam vergonha e etc; e sim; pessoas hipócritas como o autor dessa postagem;

no mais é isso, tá aí hoje o Adriano, bem que vc poderia ter ficado sem essa postagem... mas nao se pode prever o futuro né?

abraço

Postar um comentário

.

Links Legais

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin